I – APRESENTAÇÃO.

O NEAPEMNúcleo Elim de Escuta e Acolhimento Psico-espiritual para Ministros é um programa missional-ministerial, de matriz interdenominacional, de cunho Psico-espiritual, com objetivos definidos para a sua execução, como se vê abaixo, direcionados para todos os ministros – pastores e missionários – que se acham em ação pastoral ou missionária[1]. Portanto, o foco do Projeto NEAPEM é a pessoa do ministro do evangelho, buscando ser suporte para demandas de cunho psico-espiritual quer estejam ou não diretamente relacionadas à atividade pastoral ou missionária.

O NEAPEM está concebido em três etapas principais:

1) A primeira etapa aconteceu em duas fases:

  1. a) A primeira fase entre setembro de 2011 a janeiro de 2014, em Portugal, mais precisamente na cidade do Porto. Esta etapa teve o objetivo de realizar uma pesquisa de campo com famílias missionárias em ação; e, para glória de Deus, esta pesquisa resultou na dissertação de Mestrado do Pr, Psi. Frank Ribeiro, em Temas de Psicologia, e teve como tema: “Famílias brasileiras em missões transculturais: análise intrafamiliar da escolha em ser família missionaria”, defendida no dia 17 de novembro de 2014, a qual já está disponível no Repositório Aberto da Universidade do Porto – FPCEUP – Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação[2].
  2. b) A segunda fase (da primeira etapa) acontece no Brasil, entre março de 2015 a novembro de março de 2016, com o retorno para o Brasil do Pr, Psi. Frank Ribeiro e a Missionária Suely Ribeiro, vão para São Luís – MA, para reorganizar as ações da segunda etapa da segunda fase, incluindo aí o projeto literário que servirá como forma de apoio para o desenvolvimento do Projeto NEAPEM; nesta segunda etapa foram lançados dois títulos do Pr. Frank Ribeiro: “Ato Terapêutico: Igreja como lugar de Cura[3], que é uma auto publicação com um selo pessoal chamado “Edições Fator7”; o segundo título é “Sublimidade: O encontro de um homem com uma mulher – Por que a mulher foi feita para ficar em casa?”, que é uma publicação da UPBOOKS. O segundo momento, que é concomitantemente, ao primeiro elemento desta segunda fase, foi instalado um consultório, onde o objetivo foi o levantamento de material clínico, oriundo do trabalho clínico realizado com o público evangélico, incluindo aí pastores e missionário. Este material servirá de referência epistemológica para a parte prática do Projeto NEAPEM, junto com a dissertação.

2) A segunda etapa começou a partir entre junho de 2016, que consiste na captação de parceiros do Projeto NEAPEM. A etapa inicia com a mudança do Pr Frank Ribeiro e a Missionário Suely Ribeiro para Gravatá – PE, onde será instalado toda base de funcionamento do Projeto NEAPEM. Primeiro momento é o aluguel do espaço onde funcionário a base (centro de operação para captação de recursos)[4]; neste momento, entre julho de 2016 a julho de 2018, acontecerá todo processo de captação de recursos. Leia no site www.neapem.com.br, no menu CAPTAÇÃO DE RECURSOS.

3) A terceira etapa. Assim, a partir de agosto de 2018 começa os atendimentos propriamente dito. Para isto precisaremos alugar um imóvel com capacidade para estabelecer pelo menos um consultório, a administração (secretaria e tesouraria), CPD, recepção, dispensa.

O Projeto NEAPEM responde um lugar muito exclusivo, visto que, o foco do projeto é trabalhar a PESSOA (do Ministro – pastores e missionários), e isto é tocar num ponto nevrálgico, visceral. A imagem de ter as suas próprias vísceras expostas é aterradora. Mas, vamos chamados por Deus para provocar este olhar terapêutico; sem este olhar é praticamente impossível uma tomada de consciência em direção à cura.

Portanto, o NEAPEM será este lugar de acolhimento, com sombra e água para todos aqueles que lançaram mão ao arado, e estão se deixando usar por Deus, o Senhor das Missões. Portanto, o acolhimento não será denominacional, mas pelo reino de Deus; pelo evangelho do reino.

O nosso lema é: Vinde e descansai; levantai: a caminhada é longa.

1.1. Definindo cuidado missionário  <><><><> 1.2. Fundamentos do Cuidado Integral


[1] No caso dos missionários, quer aqueles que estão entrando para iniciar o trabalho, quer aqueles que estão saindo para um período férias de ou definitivamente, redirecionando os seus ministérios. Também ministros que estão em processo de jubilação; famílias que estão em processo de luto.

[2] http://repositorio-aberto.up.pt/handle/10216/78523

[3] Este é o primeiro Volume da série “Atos da Igreja: Por uma Eclesiologia Humana”. Esta série terá 12 Volumes.

[4] O Pr. Frank e a Miss Suely Ribeiro já estão morando em Gravatá, no mesmo imóvel onde está funcionando o centro de captação de recursos. Rua Maria José dos Santos, 170 – Porta Florada – Gravatá – PE – CEP 55640-028

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *