III – JUSTIFICATIVA DA SIGLA.

III – JUSTIFICATIVA DA SIGLA.

A NEAPEM tem o seu significado em quatro colunas:

3.1. NÚCLEO – Pensamos até em ser um centro, todavia, núcleo reflete melhor os objetivos do projeto. Muito embora, em termos gerais, centro e núcleo, possam ser considerados como sinônimos, na configuração deste projeto, núcleo recepciona melhor os nossos objetivos, uma vez que em núcleo existe o sentido citológico. Portanto, em NEAPEM o sentido de núcleo aponta para o advindo da Biologia Celular. E, dentro dos objetivos do NEAPEM, a escuta e o acolhimento constituem-se instrumentos fundamentais dentro do processo, no que diz respeito à estrutura, funções e complexidade das demandas dos ministros, tanto os que estão iniciando, como os que estão atuando ou os que estão saindo para recesso do trabalho missionário-pastoral.

3.2. ELIM. Elim é um lugar especial. Elim é o lugar onde, durante a caminhada de Israel pelo deserto, o povo de Deus encontrou setenta palmeiras e doze fontes de água (Êxodo 15:27). Bem, pensamos no labor ministerial (pastoral-missional) como uma grande peregrinação por desertos e suas variações, mas sabemos que Deus tem sempre preparado para o seu povo um lugar de refúgio e descanso. NEAPEM quer ser um instrumento de Deus para oferecer sombra e água, aos servos de Deus que fizeram uma opção de servi-lhe de forma incondicional. O NEAPEM quer ser este Elim de Deus na vida de homens, mulheres, famílias que vivem para ministério (“porque de Deus somos cooperadores”).

3.3. Acolhimento Psico-Espiritual. Sendo Elim um lugar com sombra e água é preciso saber como fazer o uso desta provisão. O NEAPEM vai trabalhar com o acolhimento psico-espiritual. Mesmo sabendo do incondicional cuidado de Deus, cremos que este cuidado passa por vários caminhos. O NEAPEM quer ser um destes caminhos, onde estes servos de Deus possam ser acolhidos e escutados.

3.4. Ministros. Bem, os ministros (pastores e missionários) são o centro de todo o processo. Mesmo com todos os aspectos que cercam uma decisão de servir a Deus, sobretudo, naquilo que diz respeito que Deus é quem cuida e sustenta, não se deve negar que o missionário ou o pastor são seres humanos, e assim sendo, estão expostos às mais diversas possibilidades de adoecimento, inclusive, o psíquico.


II – OBJETIVOS <><><><><><> IV – SIGNIFICADO DA LOGOMARCA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *